19 de set de 2006

Slow like honey




Colagem Nova #2

"Percorro os cantos com os olhos:
uma teia
tecida
parece morta.
A parede tem um branco sujo.
Há uma traça também ali,
desconhece o meu olhar.
Chego ao limite do canto:
O poema não veio."

Flávia Santos, dada tida, a mulher completa: escreve coisas lindas (arrepios), pinta, desenha, estampa camisetas, joga futebol, faz russo e passa café.

***

As colagens com os textos (entende-se poesias) da Flavinha estão prometidas desde maio. Vergonha, vergonha. Mas foi um custo parir essa colagem. No meio do processo a poesia não veio (rs). Um dia aprendo finalmente a lidar com prazos: seja pra colagens ou pro coração. Ou não.


***

(And my big secret, going to win you over. Slow like honey, heavy with mood.)

5 de set de 2006

Querência



Colagem #3 (série antiga)
"(...)
As ameaças havemos de atravessá-las,
rompê-las ao meio, cortando-as
como uma quilha corta as ondas."

Vladimir Maiakóvski, cubo-futurista-hiperbólico

***

Sim, é muita querência.